24 dezembro, 2017

Natal 2017 (antecipado)

ChristmasSelfie














A experiência de ser objeto de cuidado, me faz hesitar.
Puro orgulho.
Logo tudo sucumbe ao carinho de cada gesto,
ao aconchego de cada fresta,
e à sincronia dos talheres e guardanapos alinhados à mesa.
Meu coração hesita entre arritmia e taquicardia,
Ignorando placidamente o bloqueador de canal de cálcio.
Fico entorpecido e dilacerado pelo ambiente translúcido,
onde a Felicidade tem indulto de Natal,
sem precisar de habeas corpus do Ministro Gilmar.

Uma conversa sem compromisso aqui,
outra tagarelice sobre o frio sem chuva, alí.
Olhares cúmplices e sorrisos maliciosamente desviados.
Gin tônica elaborado com Fever Tree,
Para entorpecer apenas nossa insensível dureza,
e deixa fluir a fraterna humanidade.
Gratitude, por estar vivo sem perceber,
e alegre sem conceber.
Entre mãe, irmã, filhos, sobrinha, genro e nora,
tudo vai se mesclando confusamente,
como devem ser todos os almoços em família.
Sem acidentes, nem percurso...
Desengonçados e fugazes,
mas profundamente repletos de alegria marginal.


Gestos sedentos de significado,
vão sufocando a distancia do espaço-tempo,
que nos une implacavelmente.
Sensação de dever cumprido,
vendo filhos humanamente imponentes.
Claro que o phablet com leitor de íris,
sensível a intenção de pensamento,
me inebria e acalenta o sonho de consumo resiliente…


Ao fim de tudo permanecemos vivos, ao relento, e
com a mente embriagada pelo presente.
Pela presença espontânea do outro no roteiro da sua vida,
ainda que você seja apenas coadjuvante principal.

Bora juntos e enfrentar 2018 !

Marcadores: , , , ,

Bookmark and Share
posted by mlbelem at 02:19 0 comments